RONDÔNIA – Com a proximidade do início do ano letivo de 2021, as escolas do Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Rondônia, estão prontas para receber seus alunos, ainda respeitando a legislação em decorrência da pandemia. O início deste ano letivo está programado para o próximo dia 27, com aulas realizadas na forma remota.

De acordo com o coordenador estadual de Educação do SESI, SENAI e IEL, Jair Coelho, este formato de aula foi definido após uma pesquisa realizada entre os pais de alunos, em que mais de 65% ainda prefere que os filhos permaneçam com aulas on-line.

No entanto, caso sejam autorizadas aulas presenciais, as unidades do SESI-SENAI em Rondônia estão preparadas para receber seus alunos. Conforme a gerente do SESI-SENAI Lagoa, de Porto Velho, Fabiana Amaral, a escola está adequada segundo os protocolos de saúde, tais como dispenser com álcool em gel em todos os blocos, aferição de temperatura, salas de aula com distanciamento exigido com marcação no chão.

Os bebedouros foram adequados e hoje eles não possuem mais esguichos, somente torneiras. Na entrada também há tapetes sanitizadores, enfim, tudo para proporcionar mais segurança aos alunos. Além disto, segundo Fabiana Amaral, a cantina permanecerá fechada.

Cleber Melo, gerente do SENAI-CETEM de Porto Velho, afirmou que “para o início do ano letivo, iremos retornar com nossas turmas de forma online através de nossas plataformas de ensino educacional”, disse. Ele acrescentou que quando necessário as aulas práticas serão feitas de forma progressivas, conforme os conteúdos teóricos forem avançando, ou seja, haverá dias que os alunos estarão na escola, assim como haverá dias em que eles continuarão com as aulas em nossas plataformas de ensino educacional.

As dependências do CETEM disponibilizam sabão líquido e álcool em gel para uso e ainda a aferição de temperatura antes de adentrar a escola. “Informamos também que para adentrar nas dependências da escola se faz necessário o uso da máscara, e ainda solicitamos que seja mantida a distância necessária, de 1,5 metro entre as pessoas que estiverem dentro do mesmo laboratório ou sala de aula”, ressaltou Cleber Melo.

A gerente do SENAI de Ariquemes, Angela Bim, informou que desde o ano passado a unidade está adequada para garantir a segurança e de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde, para poder receber os alunos do SENAI para a realização das aulas práticas. “O pessoal da Agevisa, inclusive fez vistoria no prédio, e obtivemos a aprovação para realizar nossas aulas práticas”, afirmou.

A unidade de Ji-Paraná também apresenta medidas preventivas para poder receber seus alunos. Quem garante é a gerente local, Cíntia Aparecida Alves. “Todas as medidas foram tomadas para que após a liberação das aulas práticas presenciais, os alunos se sintam seguros”, afirmou. Ela disse que os atendimentos serão no formato remoto, assim não causa prejuízos aos alunos neste início de ano letivo.

Silvio Leite, gerente da unidade de Vilhena informou que “o SESI-Vilhena tem se preocupado diariamente em preparar o retorno presencial dos nossos alunos. Para isso, realizamos a instalação de dispensers de álcool em gel em vários locais e ambientes de maior circulação dos alunos, instalação de placas de conscientização, tapetes sanitizantes, adotamos também algumas rotinas administrativas como, a verificação de temperatura, diálogo sobre a Covid”, comentou.

E em Pimenta Bueno, as dependências da unidade do SESI também já estão prontas para iniciar o ano letivo. O gerente Diógenes de Moraes informou que na entrada da instituição, encontra-se um termômetro para aferir a temperatura de todos que adentrem no recinto, um tapete sanitizante, contendo uma solução higienizante, antibactericida e antiviral, para que o visitante, ao entrar, higienize os seus calçados. “Em nossa recepção, temos a presença de um totem contendo álcool em gel, assim como em todas as repartições, existe a presença de dispenser contendo álcool para higienização das mãos. Em todos os nossos banheiros há sabonete líquido para limpeza”.

Em relação aos banheiros, eles foram divididos para o ensino fundamental I, fundamental II e Ensino Médio. “Todo esse cuidado é para garantir que os alunos, sobretudo os menores, possam ter uma higiene adequada. Não será permitido que mais de um aluno por sala, frequente os sanitários e após o uso, o recinto será criteriosamente higienizado, ponderou.

O colégio SESI de Cacoal está com todos os protocolos sanitários e pedagógicos implantados para retomada das aulas no modelo remoto, híbrido ou presencial, conforme definição e autorização dos órgãos competentes. “Em 2020 apesar do momento atípico que vivemos na Educação Básica, cumprimos o calendário letivo e através das plataformas digitais de ponta, disponibilizamos acesso em tempo real a todos os conteúdos, garantindo uma conexão segura e monitorada pelos docentes de cada turma e disciplina. Além disso os professores e equipe pedagógica têm sido constantemente capacitados para atuação na era 4.0 da educação”, frisou Jocilene Andrade, gerente da unidade.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social FIERO

Print Friendly, PDF & Email