A escola foi a responsável pela formação de várias gerações de políticos, empresários, profissionais liberais entre outros

PORTO VELHO – Uma das mais tradicionais escolas de Porto Velho, o Colégio Salesiano Dom Bosco anunciou, no início da tarde desta sexta-feira, o encerramento de suas atividades. A inadimplência, mais os efeitos da pandemia levou o Dom Bosco à lona. Há dois anos, o Colégio ainda tinha grande número de alunos e, nos horários de pico, chegava a formar congestionamento de carros de pais buscando ou deixando os filhos.

Com o anúncio, uma história educacional de 88 anos vai chegando ao seu ocaso de forma melancólica.

De acordo com informações, desde de março, com a pandemia do novo coronavírus, foi um dos principais fatores para que a escola decretasse o encerramento das atividades. Isso porque a instituição teve que fechar as portas.

A escola, foi uma das mais tradicionais instituições de ensino de Rondônia, sendo a responsável pela formação de várias gerações de políticos, empresários, profissionais liberais entre outros.

A Rede Salesiana, responsável pelo colégio Dom Bosco, estava em Porto Velho desde 1932, totalizando 88 anos na capital.

Durante muitas décadas, o colégio só aceitou meninos como estudantes, sendo um dos mais concorridos pelos pais que queriam garantir para os filhos a educação de melhor qualidade para os filhos.

A certeza que fica com o fechamento do Dom Bosco é a saudade por parte da legião de ex-alunos que estão em várias partes do Brasil e do mundo, atuando profissionalmente, graças a formação educacional que receberam em Porto Velho.

www.expressaorondonia.com.br

Print Friendly, PDF & Email