Seja qual for a parte vencida, deverá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral

PORTO VELHO – O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE) retoma hoje, segunda-feira, 9, a partir das 16h, o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que questiona a legalidade do mandato do deputado federal Coronel Chrisóstomo. O Partido do Social Liberal, pelo qual Chrisóstomo foi eleito, é acusado de não respeitar a cota de gênero, que determina um percentual mínimo de mulheres nas chapas concorrentes.

Figuram como réu nesta Aije o Partido Social Liberal (PSL); Kilvia Helena de Araújo Evangelista Marques; João Chrisóstomo de Moura; Evandro César Padovani; Silmar Régis Camarini; Dário Siegfried Loeschke; e Luana Nunes de oliveira Santos.

A ação é movida pelo pastor Sebastião Valladares Neto, que assumirá a vaga na Câmara Federal, caso a Justiça determine a cassação do mandato do Coronel Chrisóstomo.

No primeiro dia de julgamento, ocorrido dia 21 de novembro, o relator do processo, desembargador Paulo Kiochi Mori, leu o seu voto, mostrando tendência a manutenção do mandato de Chrisóstomo, dois juízes pediram vista do processo.

Na sessão de julgamento de hoje há a expectativa de conclusão da ação e uma certeza: seja qual for a parte vencida, deverá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

Fonte: expressaorondononia.com.br