O tráfego de veículos voltou a ser suspenso totalmente na ponte do rio Araras, nesta quarta-feira (6), no Km 35 da BR-425, em Nova Mamoré (RO), a mais de 300 quilômetros de Porto Velho. A medida faz parte da tentativa de altear a ponte por causa da cheia no rio, que já passou do nível da ponte. 

Rio Araras registra cheia e prejudica tráfego de veículos — Foto: PRF/Divulgação

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta de 8h o tráfego de veículos foi suspenso totalmente na ponte e apenas veículos de emergência estão autorizados a seguir viagem no trecho interditado. Ônibus de viagens, por exemplo, não podem passar.

Em uma nota divulgada nesta quarta-feira, o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) diz que o alteamento deve seguir até o fim do dia.

A Polícia Militar (PM) e a PRF estão fazendo a segurança na ponte, enquanto os trabalhadores do Dnit seguem com o alteamento.

As águas do Araras passaram o nível da ponte no último fim de semana e já alcançaram a marca de 25 centímetros acima da rodovia.

Rio Araras — Foto: PRF/Divulgação

A Defesa Civil de Rondônia também está acompanhando a situação da cheia em Nova Mamoré. Caso o alteamento da ponte não seja feito, autoridades afirmam que as cidades de Nova Mamoré e Guajará-Mirim ficarão isoladas por terra.

Início do alteamento

A tentativa de altear a ponte começou na segunda-feira (4). No primeiro dia, a passagem de veículos foi interrompida parcialmente e deveria ser liberada a cada hora. No entanto, os motoristas desrespeitaram a ordem de parada e por isso o alteamento foi paralisado.

No segundo dia de trabalho, o tráfego foi interrompido das 7h às 17h.

Rio Araras está 25 centímetros acima do nível da ponte — Foto: PRF/Divulgação