Durante a Operação Hórus em Guajará-Mirim, os agentes do Denarc já vinham monitorando o suspeito que ia buscar cocaína na Bolívia para vender na capital

PORTO VELHO – Depois de meses seguindo os passos do suspeito, agentes do Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil de Rondônia abordaram e prenderam, na manhã desta segunda-feira, 14, o indivíduo identificado como Kirmair P. L., 31, suspeito de tráfico de drogas em Porto Velho. Kirmair vinha tendo suas incursões a Guajará-Mirim monitorada pelos agentes do Denarc, mas eles já sabem que o acusado compra cocaína na no lado boliviano e transporta até Porto Velho, onde distribui nas centenas de pontos de vendas existente.

Droga mesmo os policiais não encontraram na casa de Kirmair, mas com ele foram apreendidos mais de R$ 100 mil em espécie, possivelmente resultante da venda de entorpecentes, uma pistola calibre 380, várias munições e balança de precisão.

Durante a Operação Hórus em Guajará-Mirim, os policiais do Denarc já vinham monitorando o suspeito que ia buscar cocaína na Bolívia para vender na capital.

Nesta segunda-feira, de posse de um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça a partir de solicitação do Denarc, os agentes foram até a casa de Kirmair, a Rua Frei Tito Lima, no bairro JK, na zona Leste de Porto Velho.

Encontraram grande quantidade de dinheiro, pistola e outros materiais ilícitos foram apreendidos, além de uma espingarda de pressão. Uma caminhonete que era usada no tráfico de drogas também foi apreendida.

Com passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, em 2008, 12 Anos depois Kirmair mostra que não se regenerou e continua delinquindo. Ele foi encaminhado a sede do Denarc e está preso à disposição da Justiça.

Hórus, significado

Olho de Hórus, também conhecido como udyat, é um símbolo que significa poder e proteção. O olho de hórus era um dos amuletos mais importantes no Egito Antigo, e era usado como representação de força, vigor, segurança e saúde.

Com informações da Assessoria