Rondônia se prepara para a 47ª etapa da vacinação contra a febre aftosa no estado. A campanha, que será lançada pelo governo do estado na próxima terça-feira (15), é voltada para bovinos e bubalinos com idade de 0 a 24 meses. De caráter obrigatório, a ação se estende até o dia 15 de novembro.

Campanha de vacinação contra febre aftosa começa dia 15 de outubro em Rondônia. — Foto: Sidney Oliveira/Agência Pará

O prazo para comprovação da vacina vai até o dia 22 de novembro e pode ser feita nas unidades da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron). Para comprovar que a dose foi aplicada, o produtor rural precisa apresentar a nota fiscal.

Segundo a Idaron, a vacina precisa ser mantida em caixa de isopor, com gelo, até o momento da vacinação.

Idaron revela cuidados com doses antes da aplicação nos bovinos. — Foto: Divulgação/Idaf

A pistola e as agulhas devem ser higienizadas antes da aplicação. A dose é de 2 ml e deve ser ingetada na “tábua” do pescoço por via subcutânea (embaixo da pele) ou intra-muscular (na carne).

A febre aftosa é uma das mais temidas e prejudiciais doenças que afetam a pecuária, conforme a Agência. Em Rondônia, há cerca de 14 milhões de bovinos e bubalinos, sendo o sexto maior rebanho nacional.