A ponte da BR-364 sobre o rio Madeira está concluída e Dnit divulga novas imagens da fase final de construção do aterro de acesso da margem direita

ABUNÃ – RONDÔNIA – O avançado estágio das obras da cabeceira de acesso à ponte sobre o rio Madeira na margem direita demonstra que quando o Poder Público quer solucionar o problema surgido durante uma obra, resolve. Por isso, fica a pergunta: porque o sistema de esgotamento sanitário e a distribuição de água tratada não avançam em Porto Velho? E outras obras – como foi a da construção dos viadutos e da travessia urbana da Capital, que demoraram mais de dez anos para ficar prontas e ainda não estão concluída por completas.
Aguardada com expectativa pela comunidade da Ponta do Abunã em Porto Velho, principalmente pelos moradores do estado do Acre e por caminhoneiros e transportadoras, a ponte da BR-364 sobre o rio Madeira está concluída, faltando apenas a execução da obra de aterro do acesso da margem direita, agora em fase final de construção.
Neste último final de semana o DNIT registrou e divulgou imagens atualizadas da obra, que de acordo com o Departamento, está em execução de serviços como terraplenagem, bloco de coroamento de elevados, armação de vigas e pré-moldados e concretagem.
Iniciada ainda na gestão Dilma Rousseff, a conclusão da ponte já foi anunciada como prioritária pelo Ministério da Infraestrutura e deve ser entregue nos próximos meses pelo presidente Jair Bolsonaro.