Também foi aprovada a chapa de vereadores com 25 nomes

PORTO VELHO – “Sou filho da classe trabalhadora e da luta cotidiana de homens e mulheres por uma vida mais digna. Sei de onde vim e tenho orgulho de minhas origens, por isso estou no Partido dos Trabalhadores”. A afirmação é presidente do Diretório municipal do PT, Ramon Cujui, o nome escolhido como pré-candidato do partido à Prefeitura de Porto Velho e o primeiro nome a ser oficializado para a disputa de novembro.

A escolha aconteceu no último domingo, 5, durante o Encontro Municipal do PT, realizado via vídeo conferência. Também foi aprovada a chapa de vereadores com 25 nomes. A escolha de Ramon Cujui foi recebida com entusiasmo pelos militantes. O pré-candidato disputou um pleito eletivo pela primeira vez em 2018, para deputado federal, obtendo 7.081 votos.

“Neste ano, recebi do Encontro Municipal do Partido dos Trabalhadores a honrosa tarefa de ser o pré-candidato do PT a Prefeito de Porto Velho. Coloco minha história e minha energia à disposição de todos e todas que querem uma Porto Velho mais justa e acolhedora, uma cidade que proporcione qualidade de vida e dignidade. Estamos na luta”, garante.

De acordo com Cujui sua trajetória política começou aos 15 anos, em 1985, no movimento estudantil, disputando o Centro Cívico da Escola Barão do Solimões como membro da Chapa Germinando. “Perdi as eleições, mas ganhei amigos para o resto da vida (que o digam Evandro, Joel e Edilson). Sempre apoiei e participei de lutas e campanhas dos movimentos sociais prestando assessoria voluntária, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento de Pequenos Agricultores (MPA), Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e a diversos organismos da Igreja Católica”, lembra.

Formado em Direito e em História pela Universidade Federal de Rondônia, Ramon Cujui, é servidor público de carreira do Poder Judiciário da União. Trabalhou por 20 anos na Justiça Eleitoral, onde exerceu as funções de coordenador de Material e Patrimônio, de Chefe da Seção de Licitações e Contratos, de Presidente da Comissão de Licitação (CPL) e de Pregoeiro. Em 2016, passou para o quadro da Justiça do Trabalho e, atualmente, exerce a função de calculista na 6ª Vara do Trabalho de Porto Velho.

O encontro contou com a participação da presidente nacional do PT, deputada Gleise Hoffmann, que destacou a importância de o PT ter uma boa performance nas eleições municipais deste ano para voltar à Presidência da República em 2022.

www.expressaorondonia.com.br