A Secretaria de Estado da Agricultura se prepara para a realização do primeiro concurso de queijo realizado pelo governo de Rondônia, o ConQueijo, previsto para acontecer na 3ª Rondoleite, em maio de 2020, durante a 9ª edição da Rondônia Rural Show Internacional, em Ji-Paraná.

Queijos de açaí e castanha serão expostos no ConQueijo

O projeto foi apresentado pelo médico veterinário Cesar Miazzi, gerente de desenvolvimento da pecuária, juntamente com a equipe de desenvolvimento agropecuário da Seagri

“O nosso objetivo é apresentar os queijos especiais, com as características de Rondônia, e com sabores marcantes como o açaí, castanha, frutos da Amazônia, diferenciados entre os que já são produzidos tradicionalmente no Estado”, explicou o secretário da Seagri, Evandro Padovani.

Ainda de acordo com Padovani, o projeto ConQueijo colocará Rondônia no cenário nacional e internacional, com a apresentação de queijos especiais, e abrirá caminho para exportação. “Os queijos muçarela já ganharam o cenário brasileiro, e o ConQueijo será uma forma de valorizar os produtores rurais e incentivá-los ainda mais”.

Rondônia conta com cerca de 28 mil produtores de leite, o concurso vai mostrar a criatividade e habilidade dos participantes, além de estimular a produção com fabricação diferenciada a partir do modelo artesanal com características de Rondônia.

“Fizemos uma degustação de diversos tipos de queijos, a qualidade é de primeira. O nosso objetivo é colocar os queijos de Estado ao lado dos queijos brasileiros para que todos conheçam a origem e tecnologia queijeira da nossa região”, ressalta Padovani.

Adolpho Sabião é chef de cozinha e especialista em queijos, contente com a ideia, segundo ele, o ConQueijo vem acrescentar e brilhar no cenário Nacional. “O queijo é um produto que combina com todos os pratos, alimento saudável, tenho certeza que esse concurso vai atrair queijeiros de todo o Estado e de outros também”.

Participaram da reunião de debate sobre o ConQueijo o vice-governador José Jodan, o presidente da Emater, Luciano Brandão, o superintendente da Sedi, Sérgio Gonçalves, o reitor da Unir, Ari Otti, além de técnicos da Seagri e Emater.

 

 

 

 

Fonte
Texto: Antonia Lima
Fotos: Assessoria- Seagri
Secom – Governo de Rondônia