Após matar a golpes de canivete, por não aceitar separação, ex-marido fugiu e ainda não foi preso

CEREJEIRAS – Um bárbaro assassinato chocou a população da cidade de Cerejeiras na manhã desta quinta-feira, 3. Uma garota de 20 anos, identificada como Lucyene Teixeira Guilherme da Silva, foi assassinada na frente da filha a golpes de canivete desferidos pelo ex-marido, de quem estava separada há apenas duas semana. A jovem iria começar a arrumar suas coisas porque iria se mudar para a cidade de Colorado do Oeste, para fiar longe do ex. 

Segundo informações levantadas pela reportagem do Folha do Sul on Line, o suspeito do assassinato, que não aceitava a separação, chegou a residência da ex, localizada na rua Aracajú com a Maria Godoy Duran, no bairro Jardim São Paulo, em Cerejeiras e a chamou.

Ainda segundo testemunhas, quando saiu para atender, Luciely já passou a ser agredida a canivetadas, momento em que a prima da vítima entrou no meio tentando separar, acreditando que o ex-marido estava dando murros na jovem.

Quando percebeu que a vítima estava banhada em sangue, a prima entrou em desespero, porém, foi ameaçada pelo assassino, que partiu pra cima dela mesma. A prima teve de fugir para não ser assassinada também.

Após o crime, o suspeito fugiu do local e as últimas informações dão conta de que ele seguiu em direção ao município de Corumbiara.

Luciely, que estaria arrumando a mudança para sair da cidade e residir em Colorado, morreu no local.

Fonte: Folha do Sul