Mais de 70 pessoas e veículos foram abordados, mas não foi constatada nenhuma irregularidade

A primeira fase foi uma ação conjunta da PM com o PATAMO (Patrulhamento Tático Móvel), e nela foram desencadeadas ações em Vilhena, Pimenta Bueno, Chupinguaia, Boa Esperança, Novo Plano e Corumbiara.

Fazendas em situações de conflito agrário e acampamentos também foram vistoriados para garantir a segurança de acampados ou proprietários que reclamam a posse das áreas.

Além do patrulhamento rural em distritos e vilas desprovidas de assistência de segurança pública rotineira, as ações da operação “Paz no campo” também focaram em combater o consumo e o tráfico de drogas e armas nas regiões vistoriadas, como forma de prevenir os conflitos rurais.

Mais de 70 pessoas e veículos foram abordados, mas não foi constatada nenhuma irregularidade, sendo alcançado o objetivo preventivo da operação. A primeira etapa foi concluída sem registros de ocorrências, mas a operação não tem data prevista para terminar.

Fonte: Folha do Sul