PORTO VELHO – O samba e o carnaval perdem um de seus mestres em Porto Velho. Faleceu na tarde desta segunda-feira, 2, na capital, Antônio Chagas Campo, popularmente conhecido como cabeleira, pioneiro do carnaval portovelhense.

O mestre “Cabeleira” era figura alegre e de destaque marcante nos eventos momescos. Identificado com a Escola de Samba Diplomatas, Cabeleira foi Mestre Sala e fez história com a porta bandeira Maria Helena, na escola do seu coração, a Diplomatas do Samba,

O sambista morreu aos 80 anos de idade, parte significativa dos quais, dedicado de corpo e alma ao enlevo da cultura de Porto Velho. “Cabeleira” participou recentemente do desfile da Escola de Samba o “Asfaltão”, quando recebeu as homenagens daquela agremiação carnavalesca.