A expectativa é que pelo menos 60 mil pessoas participem do desfile do “Galo”, que volta ao carnaval portovelhense depois de dois anos

PORTO VELHO – Quando os ponteiros se encontrarem para marcar o fim desta quinta-feira e o início da sexta, a cuíca vai roncar, porque começa o desfile do Galo da Meia-Noite, com desfile pela região mais central da capital, saindo do Bairro Caiari, com previsão de acabar só às 4 da manhã.

A expectativa é que pelo menos 60 mil pessoas participem do desfile do “Galo”, que volta ao carnaval portovelhense depois de dois anos, quando esteve fora para resolver problemas burocráticos, conforme membros da diretoria, gerando muitas dúvidas sobre se, e quando, estaria novamente animando a madrugada.

Por um acordo com a Policia Militar, o “Galo” vai começar a concentrar às 20 horas, mas só quando o relógio da catedral bater a zero hora é que os Djs Alexandre Potencia, Leylson Lima e Willames além do músico Tom Brito e banda, Banda Carijó e Banda Piolho de Cobra vão assumir o comando, e não querem ninguém parado durante o percurso pelas ruas Pinheiro Machado, Joaquim Nabuco, Carlos Gomes até a praça das Caixas D’água.

E TEM MAIS

Mas o carnaval terá continuidade até quando a “quarta-feira ingrata” chegar. Nesta sexta-feira sereá a vez do bloco Us DY Phora, no circuito do Areal, sendo que o esquenta será no terreiro da Coruja na rua 13 de maio atrás da igreja de Nossa Senhora de Fátima.

No sábado será o desfile mais esperado, da Banda do Vai quem quer, que pretende levar em torno de 120 mil pessoas pelas ruas do circuito tradicional que começa e termina na Praça das Caixas d’Água, saindo às 16h30. Este ano, para comemorar os 40 anos da Banda, a presidente Siça anunciou um bolo de 40 metros, para ser distribuído no local de saída e chegada da Banda.