Os agentes do Denarc fizeram a abordagem ao ônibus e, ao revistar os pertences da passageira Mayara Santana, foi encontrado nas mochilas mais de seis quilos de cocaína com auto teor de pureza

GUAJARÁ-MIRIM – O tráfico de droga está cada vez mais frenético na fronteira de Rondônia com a Bolívia sem se importar ao mínimo com os efeitos da pandemia ou, então, tirando proveito dela. E a polícia inova seus métodos de investigações, para garantir a segurança da população e a tão almejada paz social.

Agentes do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Rondônia que atuam na ‘operação Hórus’ quase que permanentemente na fronteira notaram algo de estranho na movimentação de uma mulher com duas mochilas, circulando à noite pelas ruas de Guajará-Mirim. Passaram, então, a acompanhá-la até que ela entrou no ônibus que sairia da cidade com destino a Porto Velho.

Ao perceberem essa movimentação, a equipe fez a abordagem ao ônibus e, ao revistar os pertences da passageira Mayara Santana, foi encontrado nas mochilas mais de seis quilos de cocaína com auto teor de pureza.

Essa droga está avaliada em mais de 150.000 reais, considerando que no país vizinho é vendido a 25.000 reais.

Com a passageira ainda foi encontrado cerca de 1000 reais que segundo ela era o pagamento que receberia.

Fonte: Assessoria

Print Friendly, PDF & Email