Porto Velho perdeu na noite desta quinta-feira um dos mais atuantes e combativos repórteres

PORTO VELHO – O jornalista Lima Neto, mais conhecido como Repórter Cidadão, não resistiu às complicação provocada pela infecção provocada pelo vírus corona e morreu na noite desta quinta-feira. Ele estava internado há alguns dias desde de que começou a sentir os primeiros sintomas da doença. 

Lima Neto, o Repórter Cidadão, morreu vítima da covid-19 aos 50 anos de idade

Lima Neto conseguiu se sobressair como repórter usando as redes sociais, como o Facebook, se destacando pelo trabalho em prol da comunidade, com denúncias, apoio às pessoas carentes por meio de campanhas, reportagens impactantes sobre meio ambiente, carências da comunidade e, sobretudo, em defesa da população menos favorecida.

O trabalho de Lima Neto, o Repórter Cidadão, repercutiu de tal forma que nas próximas eleições ele teria grande chance de se eleger vereador em Porto Velho, cargo quer ele postularia.

Lima Neto deixa uma enorme lacuna na reportagem rondoniense.