Na mesma balada a Funcultural de Porto Velho distribui material com a lista dos Espaços Classificados para receber auxilio da Lei Aldir Blanc

Zé Katraca

PORTO VELHO – LEI ALDIR BLANC – Lei de emergência cultural em Rondônia. A Sejucel lançou na tarde de ontem os Editais que socorrerão a cultura em nosso estado. Chicão Santos presidente do Conselho Estadual de Cultura licenciado por ser candidato, postou os seguintes agradecimentos: parabéns à equipe da Sejucel, ao Conselho Estadual de Política Cultural de Rondônia, aos gestores municipais, aos artistas, aos amigos da Emergência Cultural Nacional, ao Conecta, Rede de Articulação Nacional da Lei Aldir Blanc, aos parlamentares do Congresso Nacional (em especial, aos da bancada de Rondônia), aos Deputados Estaduais e ao Governo de Rondônia por essa conquista. Boa sorte e bom trabalho a todos.

Na mesma balada a Funcultural de Porto Velho distribui material com a lista dos Espaços Classificados para receber auxilio da Lei Aldir Blanc. Veja:

***********

A prefeitura de Porto Velho publicou as decisões da Comissão nomeada para analisar os Espaços Culturais que se inscreveram, com o intuito de receber o auxílio emergencial oriundo da Lei Aldir Blanc.

***********

O presidente da Funcultural Antônio Ocampo Fernandes me enviou na manhã de ontem, o link com todas as Atas das reuniões. Veja:

***********

Segue o link com a divulgação dos espaços culturais habilitados e inabilitados e todas as demais informações. Segue o link com a divulgação dos espaços culturais habilitados e inabilitados e todas as demais informações

***********

https://funcultural.portovelho.ro.gov.br/arquivos/lista/35768/lei-aldir-blanc

***********

Você vai ver que no segmento Grupos Folclóricos poucos foram selecionados, se não estou enganado, não passa de cinco.

***********

No naipe Escola de Samba nenhuma foi selecionada, na categoria Blocos de Trio só o Furacão da Zona Sul.

*********

A turma do folclore tá chiando mais que tampa de panela de pressão. A maioria foi desclassificada por não apresentar Recibo ou Nota Fiscal de despesas efetuadas nos últimos três meses.

**********

Nas Atas que podem ser acessadas através do link acima, os Membros da Comissão explicam o porquê da INABILITAÇÃO ou HABILITAÇÃO.

************

Os valores variam entre 4 e 9 mil reais. Nenhum espaço vai receber o mínimo que é de 3 mil e nem o máximo que é de 10 mil.

**********

Não vi nenhum documento dizendo que cabe recurso, porém alguns grupos estão trabalhando suas contestações. Isso ainda vai dar “pano p’rás mangas”.

***********

Dos grupos de Bois Bumbás só se classificaram o Diamante Negro e o Marronzinho. O Corre Campo não se inscreveu, mais o Az de Ouro foi desclassificado. Não sei se os demais grupos de bois se inscreveram. Não vi o nome de nenhum na lista total de Inabilitados e Habilitados.

***********

Para encerrar convido todos a assistir a partir das 19 horas de hoje, a live do |Grupo Boi Bumbá Diamante Negro que será transmitida pela página do Face Book da Funcultural e pela página do site Rondônia ao Vivo no Youtube. Tudo a partir das 19 horas de hoje.

Por: Sílvio M. Santos