A profissional faz parte da tribo dos Kaxinawás. Nascida em Rondônia, trabalhou durante sete anos na Rede Amazônica

MANAUS – A repórter da CNN Brasil em Manaus passou mal após uma entrada ao vivo na quinta-feira, 28. Ela apresentou sinais de mal-estar enquanto falava ao vivo no telejornal comandado por Reinaldo Gottino e Daniela Lima.


Quando já não estava mais no ar, Luciene desmaiou e foi socorrida pela equipe que a acompanhava.

De acordo com a CNN, a repórter passa bem. Segundo o colunista Flávio Ricco, do Uol, Kaxinawá é a primeira repórter indígena da CNN.

Um vídeo que circula no Youtube mostra Luciene exibindo sinais de mal estar, antes do desmaio.

Veja o vídeo:

Nascida em Rondônia, trabalhou durante sete anos na Rede Amazônica, que transmite a programação da Globo para cinco Estados da região Norte.

A profissional faz parte da tribo dos Kaxinawás, que habitam as regiões de floresta tropical do Brasil e do Peru.

Em janeiro deste ano, o folhadosulonline.com.br publicou os detalhes da contratação de comunicadora.

Fonte: Folha do Sul on Line