A partir deste ano 100% das escolas municipais passam a integrar o programa Aprende Brasil, do grupo Positivo, considerado um dos melhores sistemas educacionais do país. O projeto foi apresentado na última segunda-feira, 17, pelo prefeito João Gonçalves Júnior, um investimento, conforme ele explicou, realizado com recurso próprio da prefeitura, contemplando mais de cinco mil alunos, desde a pré-escola até o quinto ano do ensino fundamental e tem como objetivo garantir educação básica de qualidade.

OURO PRETO

A Prefeitura de Ouro Preto do Oeste, está implantando o projeto “Falcão: um escape para o futuro”, uma ação que promove aulas gratuitas de futsal voltadas aos adolescentes entre 10 a 14 anos do município. O Projeto é uma iniciativa afim de analisar as implicações na vida escolar, social e familiar de crianças e adolescentes que participam do Projeto “Falcão: um escape para o futuro”, desenvolvido pelo atleta Frank Carvalho, que é o idealizador e também responsável pelas aulas. Segundo o atleta Frank Carvalho, o projeto nasce de uma necessidade de ações sócio esportivas promovidas como instrumento de inclusão social.

JI-PARANÁ

O sistema rural de educação da prefeitura de Ji-Paraná inicia só dia 27 o ano letivo 2020, depois de acertados todos os detalhes da licitação para contratação de novas empresas para o transporte escolar no Município. A data diferenciada para o início das aulas nas escolas do campo não acarretará, estando previstos os 200 dias letivos preconizados por lei, bem como os 30 dias corridos de férias em janeiro, para alunos e professores, e os 15 dias de recesso ao longo do ano.

CACOAL

A Prefeita Glaucione Rodrigues acompanhou domingo (16), o mutirão de reflorestamento no antigo lixão de Cacoal. O local que por 35 anos abrigou os resíduos sólidos produzidos na cidade e foi desativado definitivamente no início do mandato desta administração em 2017. O trabalho marca a primeira etapa da recuperação ambiental do espaço situado na Rodovia Everaldo Góes (RO-383), principal ponto de acesso ao Aeroporto Capital do Café e a outros municípios da região. A ação foi coordenada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente- SEMMA com a participação e apoio da Associação Desportiva Ecológica dos Pescadores de Cacoal-ASDEC e participação dos moradores do entorno. Mais de 1000 mudas frutíferas foram plantadas por meio do Programa de reflorestamento e Recuperação de Áreas Degradadas-PRAD.

 

 

 

 

 

Fonte: Lúcio Albuquerque