A Organização Mundial de Saúde (OMS) não espera uma vacinação ampla contra a covid-19 até meados do ano que vem

PORTO VELHO – Flamengo e Fortaleza (16hs), Ceará e Santos (18hs), e Corintians e Botafogo (20 hs) são os três jogos deste deste sábado pelo Brasileirão A. Na série B os jogos serão Oeste x Juventude (10hs), CSA x Confiança (15h30), Vitória x Cuiabá (15h30), Sampaio Correia x América  e Operário x Guarani (18hs) e Brasil de Pelotas x Náutico (20hs).

CHAVE C

Londrina x São Bento, Ituano x São José (15hs); Vila Nova x Santa Cruz e Botafogo Pb x Imperatriz 16hs) os jogos da Chave C.

RECEITA

Portaria da Receita Federal nº 4.287, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 4, manda suspender até 30 de setembro de 2020 todos os procedimentos administrativos de exclusão de contribuintes de parcelamentos por motivo de inadimplência. A medida foi tomada, conforme a subsecretaria de Arrecadação da Receita Federal, apesar de uma melhora nos indicadores econômicos, por conta da pandemia.

JUSTIFICANDO

A medida é considerada necessária para que as pessoas físicas e pequenas empresas possam manter seus parcelamentos em dia.

VACINA

A Organização Mundial de Saúde (OMS) não espera uma vacinação ampla contra a covid-19 até meados do ano que vem, disse uma porta-voz da entidade, Margaret Harris, nesta sexta-feira (4), enfatizando a importância de checagens rigorosas sobre a eficácia e a segurança das vacinas.  Segundo a OMS, nenhuma das candidatas a vacina que estão em testes clínicos avançados demonstrou, até agora, sinal claro de eficácia em um nível mínimo de 50%. A Rússia deu aprovação regulatória para uma vacina contra a covid-19 em agosto após menos de dois meses de testes em humanos, levando alguns especialistas ocidentais a questionaram a eficácia e a segurança do imunizante.

ELEIÇÕES

Informação de autoridades dos EUA de que em fim de outubro haverá uma vacina apta, parece ter apenas medida de cunho político.

SEM URGÊNCIA

Segundo a agenciabfrasil.ebc.com.br, em mensagem enviada ao congresso e publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União,  o presidente Jair Bolsonaro retirou o pedido de urgência de tramitação da proposta de reforma tributária, que foi entregue ao Congresso Nacional em julho. A justificativa foi que a urgência da CBS [Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços] trancaria a pauta e causaria pressão desnecessária na discussão sobre o tema, que continua prioritário, mas segue ritmo próprio na Comissão Mista da Reforma Tributária, explicou a Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia, em nota.

CONSTITUIÇÃO

A CF diz que se o presidente requerer a urgência isso tranca a pauta de votações. Agora a matéria não tem prazo para ser votada.

COBRAS

Segundo o jornal Correio Braziliense, “três vídeos exclusivos mostram Pedro Henrique Krambeck, estudante de medicina veterinária denunciado por tráfico de animais, e outros jovens provocando a cobra naja que o picou e que ele criava clandestinamente”. O site informa ainda que as imagens constam no processo sobre tráfico de animais silvestres.

ENQUADRADO

O inquérito enquadra Pedro por tráfico de animais, maus-tratos, alé associação criminosa e exercício ilegal da profissão.

Com informações da agenciabfrasil.ebc.com.br

Por: JL Albuquerque