A rodada deste domingo do Brasileirão

PORTO VELHO – Jogos do Brasileirão. Série A – Ontem: Internacional 2×0 Botafogo; Fluminense 2×1 Vasco; Bahia 1 x 1 Palmeiras; Hoje – 11 hs – São Paulo x Corintians; 16 hs – Santos x Flamengo; 16 hs – Coritiba x Sport Recife; 18 hs – Atlético Goianiense x Ceará; 18 hs – Atlético Mineiro x Atlético Paranaense; 19hs – Grêmio x Goiás. Todos os horários são de Brasília.

VOLTOU

Depois de dois jogos Fred, de volta ao Fluminense, marcou seu primeiro gol no jogo de ontem contra o Vasco.

DINHEIRO

A Caixa credita nesta segunda-feira (31) o Saque Emergencial do FGTS para os trabalhadores nascidos em setembro. Nessa etapa, o valor estará disponível para cinco milhões de trabalhadores, no montante de R$ 3,2 bilhões. O saque tem como objetivo o enfrentamento do estado de calamidade pública reconhecido pelo Governo Federal em razão da pandemia do novo Coronavírus.

O pagamento do Saque Emergencial do FGTS é realizado por meio de crédito em conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela CAIXA em nome dos trabalhadores. O valor do saque é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas contas ativas ou inativas do FGTS.

FALANDO EM BILHÕES

Durante todo calendário esse saque emergencial vai pagar R$ 37,8 bilhões para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

VAR

E acabou em destruição de um equipamento de VAR durante o jogo deste sábado entre Inter, que ganhou e Botafogo. O goleiro Gatito Fernandez, do Bota, ao término do jogo destruiu um equipamento do VAR, revoltado contra dois gols anulados pelo equipamento. Comentário de um jornalista esportivo durante a transmissão: “Interessante, quando o jogo envolve o Flamengo ou o Corintians o Var sempre arruma um pênalti salvador aos 51 do segundo tempo”.

COINCIDÊNCIA?

Ouvido num bar da Calama. “O Var dar penal para Fla e Corintians e acabar o jogo após a batida é coincidência”.

AUXÍLIO

O presidente Jair Bolsonaro voltou a anunciar ontem (29) que o governo trabalha pela prorrogação do auxílio emergencial até o final do ano, com um valor abaixo dos atuais R$ 600, mas acima de R$ 200,00. “Sabemos da necessidade daqueles que recebem o auxílio emergencial, e ele é pouco para quem recebe e muito para quem paga”, disse o presidente. “Vocês gastam por mês R$ 50 bilhões neste auxílio. Nós pretendemos com um valor menor, que obviamente não será 600, mas também não será 200, prorrogá-lo até o final do ano”, acrescentou.

CRÍTICAS

Certamente vêm críticas. Mas para quem produz a conta é muito alta, apesar da importância social. É melhor reduzir do que não poder pagar.

CAFÉ E $$$$$$

As taxas de juros com recursos do Funcafé (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira) foram reduzidas e passam de 6% ao ano para 5,25% nas operações de custeio, comercialização e Financiamento para Aquisição de Café (Fac) para cooperativas; de 7,5% para 6,75% para capital de giro para indústrias e FAC para demais tomadores. Também a remuneração do Funcafé sobre os empréstimos realizados pelas instituições financeiras passa de 3% para 2,25% já tem seus valores. Os novos valores das taxas de juros para o setor cafeeiro foram definidos nesta semana em reunião do Conselho Monetário Nacional, que aprovou a proposta encaminhada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A redução foi linear em 0,75 pontos percentuais, inclusive na remuneração do Fundo.

PRONAF

O CMN reduziu as taxas de juros dos créditos de custeio e investimento do Pronaf de 4% para 2,75%, para agricultores familiares prejudicados por vendavais.

Com informações da AgênciaBrasil

Por: JL Albuquerque