VILHENA – George Balduino resolveu abrir um novo negócio mesmo no período de crise e viu sua fabricação caseira de espetos giratórios crescer desde o início do investimento, há dois anos.

O mecânico de motos George produz cerca de 600 unidades por mês e distribui por 90 pontos de vendas de cerca de 20 cidades em Rondônia. Apaixonado por churrasco, tinha dificuldade de dar atenção aos amigos e cuidar da carne. Com isto, desenvolveu o espeto giratório devido aos altos custos dos modelos existentes. Os amigos adoraram as unidades que colocou à prova. “Eu precisava de um feedback do produto e eles gostaram, mas não tinha ideia que hoje estaria fabricando cerca de 600 unidades por mês”, lembra.

A matéria-prima vem de fora, mas a montagem é cem por cento artesanal; e só em 2018 já foram vendidos cerca de 5 mil espetos. Hoje tem até um engenheiro mecânico para desenvolver processos de padronização para a fabricação do produto.

Segundo Balduino, “Inicialmente, a fabricação de espetos era um hobby e, com a consultoria do Sebrae, inverti a lógica: agora me dedico totalmente à produção de espetos, e a mecânica de motos passou a ser meu passatempo”. O empreendedor fez o Empretec e pretende contratar o Sebraetec para patentear o produto e montar sua estrutura de e-commerce após aumentar a produção.

A analista técnica do Sebrae em Rondônia, Ângela Maria Vieira, destaca que o programa Sebraetec “visa levar inovação de forma rápida e econômica para dentro do pequeno negócio, com consultorias especializadas e customizadas para implementar soluções em sete áreas de inovação”.

O Sebraetec possui um subsídio – o Sebrae que arca com 70% do valor da consultoria, enquanto o empresário, com os outros 30%.

Procure o Sebrae agora mesmo para maiores informações sobre consultorias pelo 0800 570 0800 ou (69) 98130-5656. Para mais informações sobre a atuação do Sebrae, acesse o site www.sebrae.ro ou as plataformas Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube, no perfil Sebrae RO.