Pedagogos e dirigentes do Sesi e do Senai ouvem o palestrante Gabriel Carneiro, o encantador de pessoas

PORTO VELHO (RO) – Com a palestra A Educação que dá certo, proferida pelo líder coach Gabriel Carneiro, criador, entre outras iniciativas, das Dinâmicas Norteadoras para Ação (DNA), começou, na manhã desta quarta-feira (24), no auditório do Hotel Golden Plaza, em Porto Velho, o Segundo Encontro Pedagógico do Sesi (Serviço Social da Indústria) e do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), órgãos da Federação das Indústrias de Rondônia.

Ao discursar na abertura do  encontro, o presidente da Fiero, Marcelo Thomé, realçou que o baixo nível educacional da população como um dos principais fatores que estimulam ou travam a modernização e a competitividade dos setores econômicos.

“A indústria brasileira percebe que, para avançar nesse cenário, é necessário promover um decisivo salto na qualidade da educação escolar básica e a educação profissional”, pontuou o líder empresarial. Antes da abertura oficial, foram apresentados dois vídeos: um do educador Mozart Neves Ramos, do Instituo Ayrton Senna e conselheiro do programa Santa Catarina pela Educação; e um retrospecto do Movimento Rondônia pela Educação, lançado ano passado pela Fiero, com adesão de mais de 100 instituições e entidades do tecido social rondoniense.

Marcelo Thomé disse também que pesquisas apontam que 94% das empresas que enfrentam a falta de trabalhador qualificado têm dificuldade para encontrar operadores para a produção e mostram que esse problema prejudica o aumento da competitividade. “78% das empresas que enfrentam a falta de trabalhador qualificado têm a capacitação na própria empresa como uma das principais formas de lidar com o problema; 52% das empresas industriais afirmam que a má qualidade da educação básica é uma das principais dificuldades que enfrentam para qualificar os trabalhadores; 69% das empresas consultadas enfrentam dificuldades com a falta de trabalhador qualificado. O Brasil não é um país pobre, mas um país historicamente atrasado”, disse.

De acordo com o superintendente regional do Sesi e diretor regional do Senai, Valério Duarte, o encontro pretende estimular a formação continuada, o debate e o aprofundamento da nova metodologia de educação do Sesi e do Senai.

Estas são as principais metas do II Encontro Pedagógico, que prossegue até amanhã, dia 25. Esta segunda etapa também vai abordar temas como alinhamento estratégico e educacional das ações para o ano letivo.

Ainda na parte da manhã, o evento contou a apresentação das diretrizes e desafios da Educação do Sistema Indústria, pelo palestrante Sérgio Gotti, gerente executivo de Educação do Sesi nacional.

No período da tarde o Encontro Pedagógico do Sesi e do Senai prosseguiu com as boas vindas do diretor regional do Senai e, em seguida, a apresentação da nova metodologia Sesi Educação, com novo material didático da Editora Somos. Na sequência foram realizadas oficinas de educação infantil e ensino fundamental I e oficina de ensino fundamental II e ensino médio.

Nesta quinta-feira (25), o Segundo Encontro Pedagógico do Sesi e do Senai retoma suas atividades a partir das 7h30, com oficina metodológica Sesi Educação, sobre material didático da Somos. Essa oficina ocupará metade da manhã e, a partir das 10h até o meio dia haverá a mensuração de resultados das oficinas.

À tarde haverá a participação do diretor técnico do Sebrae, Samuel Silva, que abordará o tema educação empreendedora. Das 15h às 17h a organização do encontro realiza sessão de diálogo aberto, envolvendo todos os participantes.

ASSESSORIA FIERO