Mesmo o quebra-molas antes da faixa de pedestre conseguiu diminuir a velocidade do carro dirigido pelo acadêmico de direito

PORTO VELHO – O domingo terminou de forma trágica para a família de um vendedor ambulante identificado como Teodoro, morador do bairro Aeroclube, em Porto Velho. Vendedor ambulante de picolé, Teodoro passou a tarde de domingo empurrando seu carrinho e fazendo suas vendas nos bairros Fortaleza, Três Marias e imediação e, ao tentar voltar para casa, já a noite, foi atropelado e morte por um motorista alcoolizado em alta velocidade, quando tentava atravessar a faixa de pedestre em frente ao posto Carga Pesada.

A Polícia Rodoviária Federal fez o registro do grave acidente de trânsito com vítima fatal.

De acordo com informações de testemunhas, o motorista, um acadêmico de direito conduzia um carrão destes da Coreia do sul em alta velocidade e não conseguiu parar no quebra-molas que existe antes da faixa de pedestre, raspou no asfalto e atingiu em cheio a vítima que estava empurrando um carrinho de picolé na faixa de pedestre. O vendedor estava voltando para casas, quando foi atropelado. Com a violência do impacto, ele foi arremessado a mais de 30 metros e teve morte instantânea.

Uma equipe do SAMU esteve no local e constatou que a vítima já estava sem vida. O local foi isolado e a perícia técnica fez os trabalhos necessários para liberação d corpo da vítima, não foi identificado que foi removido ao IML.

O carrinho de picolé também foi arremessado à distância e ficou totalmente destruído.

O motorista fez o teste do etilômetro dando positivo para embriagueis na direção. Recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Central de flagrantes.