Casal estava bebendo fora do apartamento e não ouviu quando a criança acordou e começou a chamar pelo pai

PORTO VELHO – A polícia prendeu o pai e a mãe de uma menina de quatro anos de idade que caiu do quarto andar de um dos blocos do residencial ‘Orgulho (?) do Madeira’, em Porto Velho. Ficou apurado que casal estava fora do apartamento ingerindo bebidas alcóolicas enquanto a criança dormia sozinha em um quarto. A criança acordou, chamou pelos pais, encostou um banquinho em uma das janelas e acabou caindo.

No Orgulho do Madeira faltam ser entregues 496 apartamentos do total de quatro mil unidades habitacionais construídas

Uma menina de quatro anos foi socorrida em estado grave ao hospital João Paulo II, após cair do quarto andar de um apartamento no condomínio Orgulho do Madeira, na zona Leste de Porto Velho. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira, 26. O pai da criança, um homem de 38 anos, e a madrasta, de 18 anos, foram presos pelo crime de abandono de incapaz.

O Rondoniaovivo obteve informações junto ao boletim de ocorrência relatando que o homem e a mulher estavam bebendo em um apartamento no bloco da frente de onde ocorreu o fato.

A criança que estava dormindo sozinha, teria acordado, se levantado e, usando um banco, subiu até a janela e começou a chorar e a gritar pelo pai, segundo a vizinhança.

Após alguns minutos, a criança acabou caindo pela janela e ficou gravemente lesionada, inclusive com fratura no fêmur.

Ela foi socorrida a UPA em um carro particular e devido a gravidade do caso teve de ser transferida ao hospital João Paulo II.

O pai da menina contou que havia pedido para a esposa ir olhar a filha dele, mas quando ela voltou já estava com a criança no colo e em desespero. A madrasta informou que ao ir olhar a enteada na cama viu que ela não estava. A jovem percebeu que havia um banco em direção da janela que se encontrava aberta e ao olhar para baixo viu a criança caída e alguns moradores a socorrendo.

Enquanto uma equipe da Polícia Militar colhia as informações, a mãe da criança chegou e acompanhou a filha que ficou internada no hospital. O casal foi preso e encaminhado a Central de Flagrantes.

Com informações do rondoniaovivo.com