A surra que a vítima levou só não foi pior em virtude da interferência da esposa do empresário

PORTO VELHO – Uma coronafest na casa de um empresário no bairro Agenor de Carvalho, em Porto Velho, na noite deste sábado terminou em ‘barraco’ e por pouco não saiu morte. E a confusão acabou revelando outros crimes. A mulher espancada revelou ter medo de morrer, já que seu namorado é filho de um famoso traficante da cidade, sem, no entanto, revelar o nome.

A festa que transcorria e,m ritmo normal em plena pandemia acabou virando pancadaria, quando um casal se desentendeu por causa de mensagens no celular dela visualizada por ele.

De acordo com registro de ocorrência, uma mulher de 30 anos foi espancada pelo namorado de 28 anos. O casal participava da festa realizada pelo empresário.

O motivo das agressões teria sido porque ao ir ao banheiro a mulher deixou o celular com o namorado e ele acabou lendo mensagens comprometedoras no aplicativo de Whatsapp dela.

A surra que a vítima levou só não foi pior em virtude da interferência da esposa do empresário que logo chamou a polícia. O acusado então fugiu do local antes da chegada da PM.

“Ele dizia que ia me matar, fiquei com medo de morrer, porque meu namorado é filho de um traficante forte na cidade”, disse a vítima. A Polícia Civil seguirá nas investigações.

Com informações do rondoniaovivo.com