Aos 56 anos, radialista que já foi vereador em Colorado do Oeste é executado a tiros em distrito de Porto Velho; Julmar exerceu mandato na Câmara entre 2001 e 2004

PORTO VELHO – O comerciante Julmar Rodrigues de Oliveira, assassinado a tiros em uma linha rural do distrito de Nova Mutum, na noite desta sexta-feira, 27, já foi radialista e vereador em Colorado do Oeste, no início dos anos 2000. Vereador e radialista na cidade de Colorado do Oeste, o comerciante Julmar Rodrigues de Oliveira, de 56 anos, havia migrado para a região de Porto Velho. 

A área em que ele foi morto está na região de grande conflito agrário, tendo recentemente registrado a morte de dois membros da Polícia Militar de Rondônia, passando por uma grande operação policia logo em seguida.

O crime aconteceu na Linha 31 de Março, distrito de Nova Mutum Paraná, em Porto Velho.

De acordo com as informações disponíveis, Julmar estaria indo até o seu comércio, onde estava a esposa, para encerrar o expediente.

No trajeto, o comerciante foi interceptado por dois criminosos em uma motocicleta que chegaram efetuando vários disparos. A vítima baleada caiu ao solo e morreu no local. Os assassinos fugiram em alta velocidade.

Julmar exerceu mandato na Câmara de Colorado do Oeste de 2001 a 2004 e também tinha um programa de rádio na cidade. Logo após deixar o cargo, ele se mudou para a pequena localidade onde foi executado. Ele era dono de um mercadinho na pequena vila que nasceu a partir da construção da hidrelétrica Jirau.

A Polícia Civil já trabalha nas investigações para descobrir a motivação e os autores do assassinato.

Com informações do rondoniaovivo.com e Folha do Sul on Line

Print Friendly, PDF & Email