Dnit publicou no Diário Oficial Eletrônico Nº 322/2020, desta terça-feira, 8, a licitação para contratar a empresa especializada para o projeto de continuidade da duplicação da BR-364 dentro do perímetro urbano. Obra deve iniciar em 60 dias

JI-PARANÁ – O desenvolvimento de uma cidade e a qualidade de suas obras pode sim estar intimamente ligados a qualidade e a atuação política de seus representantes políticos. Esta é uma analogia que se pode trazer à prática no caso da segunda mais importante – econômica e politicamente falando – cidade de Rondônia, Ji-Paraná. Tendo no senador Acir Gurgacz – um paranaense que praticamente foi criado na cidade, onde chegou ainda garoto – seu maior representante político, Ji-Paraná ganhou um viaduto no trajeto da BR-364 em sete meses, enquanto em Porto Velho levou mais de dez anos. Duplicou a ponte e já tem a BR-364 duplicada em todo o trecho que atravessa a cidade.

Agora, com atuação decisiva do senador, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre) publicou no Diário Oficial Eletrônico Nº 322/2020, desta terça-feira, 8, a licitação para contratar a empresa especializada para o projeto de continuidade da duplicação da BR-364 dentro do perímetro urbano de Ji-Paraná. O trecho abrangido pelo projeto tem extensão total de seis quilômetros entre as duas entradas do anel viário (saídas Sul e Norte), cortando todo o perímetro urbano da cidade. A obra é moderna e inclui viadutos nas confluências da BR-364 com as entradas para o anel viário.

Os recursos são de emenda parlamentar do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) que considerou a aprovação da obra como um marco para o desenvolvimento da cidade e do Estado, sendo a continuação da duplicação da rodovia BR-364 garantindo maior fluidez e segurança viária, além de impulsionar o crescimento da cidade com a valorização imobiliária e reordenamento do planejamento urbano.

“Com essa obra, a rodovia estará duplicada em todo o perímetro urbano de Ji-Paraná, com mais dois viadutos, trazendo mais segurança para o trânsito e mais desenvolvimento para a cidade e toda a região central do Estado”, frisou Gurgacz.

O prefeito Marcito Pinto (PDT) comemorou o projeto considerando de grande importância estrutural para Ji-Paraná. Segundo explicou, a continuação da duplicação é importante para o desenvolvimento porque estará fazendo a interligação total entre o primeiro e segundo distrito, os dois principais setores de expansão urbana da cidade. “A cidade passará por um segundo processo de transformação na sua história recente, como foi na ocasião da primeira parte da duplicação, concluída em 2013, e agora daremos um novo salto”, frisou Marcito. As duas obras foram viabilizadas pelo senador Acir Gurgacz.

De acordo com a publicação no DOU, a empresa contratada fará a elaboração do projeto básico e executivo, e ainda a execução das obras de duplicação, incluindo as obras de artes especiais BR-364 (adequação da travessia urbana de Ji-Paraná), trecho entre a BR-174 (sentido Mato Grosso), entrada na BR-364 próximo à UNIR-contorno Sul sentido Porto Velho, subtrecho entrada da BR-429 (sentido Presidente Médici), e entrada da RO-473 (para Urupá).

A obra terá a extensão total de 6,07 quilômetros sendo no segmento 01 do Km 337,10 ao Km 338,50 com extensão de 1,40 Km; no segmento 02 iniciando no Km 347,00 até o Km 351,67 tendo extensão de 4,67 Km. O edital foi publicado ontem e o resultado será homologado em 30 dias, sendo que as obras devem começar dentro de mais 30 dias, segundo o Dnit.