VILHENA – No Cone Sul do Estado, produtores e técnicos do Governo de Rondônia ligados ao setor produtivo, como a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), aguardam com expectativa o resultado de premiação da 5ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), maior concurso de café robusta do Brasil, evento que acontece nesta sexta-feira (6), em Cacoal.

Foco do projeto é transformar não apenas o município de Vilhena em polo produtor, mas os sete municípios que formam o Cone Sul, em referência nesse tipo de café

Para o gerente regional da Emater Território Cone Sul, engenheiro Alessandro Predalli, a expectativa maior é em relação ao reconhecimento do trabalho iniciado pela Emater e Seagri, em parceria com a Prefeitura de Vilhena, Instituto Federal de Rondônia (Ifro) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), no desenvolvimento da produção de Café Especial.

Segundo o engenheiro, o foco do projeto da produção de Café Especial é transformar não apenas o município de Vilhena em polo produtor, mas os sete municípios que formam o Cone Sul, em referência nesse tipo de café.

Técnicos do Governo que estão à frente do projeto de produção do café no Cone Sul

Iniciado pela Seagri e acompanhado pela Emater, o projeto atendeu os produtores de Vilhena, que já receberam 25 mil mudas em 2017 e 12.750 em 2020 para garantir uma boa produção e bons frutos do trabalho que, segundo Pedralli, já estão dando resultados positivos. “Tanto é que, produtores que receberam mudas em 2017 e foram acompanhados pelos técnicos da Emater, se inscreveram no maior concurso de Café Robusta do Brasil”, explica o engenheiro.

Ainda sobre o projeto, o gerente da Emater disse que, mesmo com plantas com apenas dois anos de plantio, eles alcançaram altas pontuações, acima de 80 pontos. Dois exemplos são os casos da produtora Maria Aparecida Cantuária, que obteve uma pontuação de 81,93 e do produtor João Batista Chagas, alcançando 81,60 de pontuação neste concurso. “Com essas pontuações, eles tiveram seus produtos classificados como Café Especial”, observa Pedralli.

Em razão da pandemia, o 5º Concafé será transmitido nesta sexta-feira (6) por meio de uma live ao vivo pelos canais oficiais da Seagri, das 10h às 12h.

A cerimônia também será retransmitida no canal oficial do Governo do Estado, secretarias estaduais e todos os parceiros do evento. Será uma live técnica para divulgar os resultados das premiações, com atração musical, vídeos contando a história de produção dos cafeicultores, entre outros.

 

 

 

 

Fonte
Texto: Eraldo Erick
Fotos: Emater Vilhena e Janderson Dalazen
Secom – Governo de Rondônia