A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) retomou, durante o feriado de carnaval, a realização de cirurgias cardiovasculares no Hospital de Base Ary Pinheiro (HB), em Porto Velho. Os procedimentos são considerados de alta complexidade e estavam suspensos, deixando pacientes esperando na fila desde agosto de 2018, por falta de materiais cirúrgicos.

De acordo com o secretário, há uma fila de espera de 15 pacientes internados no HB e no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II e que trata-se de procedimentos de alto risco, com várias horas de duração, que requerem uma retaguarda de vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos primeiros dias de recuperação pós operatória e que serão feitos três ainda esta semana.

AGILIDADE EM PROCEDIMENTOS

Outras filas de Cirurgia vão começar a ser combatidas pelo governo de Rondônia, tendo em vista que tem pacientes esperando há três anos para serem submetidos a alguns procedimentos cirúrgicos e isto necessita de uma atenção toda especial, relata Fernando Máximo.

As cirurgias de alta complexidade  serão realizadas no Hospital de Base Ary Pinheiro (HB), referência no atendimento de alta complexidade em Rondônia. As cirurgias menos complexas serão realizadas em algumas cidades polos localizadas em pontos estratégicos do Estado, de acordo com as capacidades instaladas de cada município.

Fonte: Zacarias Pena Verde/Secom