PORTO VELHO – O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Rondônia, Aluildo de Oliveira Leite, participou, nesta sexta-feira, 6, da solenidade de posse da nova cúpula administrativa do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia para o biênio 2020/2021. Eleitos em agosto, em sessão do Pleno Administrativo, o desembargador Paulo Kiyochi Mori tomou posse como presidente; a desembargadora Marialva Henriques Daldegan Bueno como vice-presidente; o desembargador Valdeci Castellar Citon como corregedor-geral da Justiça e o desembargador Miguel Mônico Neto como diretor da Escola da Magistratura.

A partir da esquerda, o procurador-geral de Justiça, Aluíldo Oliveira, deputado Ismael Crispim e o desembargador Walter Waltemberg

A nova cúpula iniciará suas funções administrativas a partir do dia 1º de janeiro de 2020. A solenidade de posse foi conduzida pelo atual presidente do TJRO, desembargador Walter Waltenberg Júnior, e contou com a presença dos membros da Corte, do Ministério Público do Estado de Rondônia, autoridades civis, militares, familiares e amigos dos empossados.

O procurador-geral de Justiça, Aluildo de Oliveira Leite, saudou os empossados afirmando que, sem sombra de dúvida, o Judiciário rondoniense continuará em boas mãos, prova disso é o Selo Diamante recebido pela Instituição do Conselho Nacional de Justiça. “Esse prêmio traduz a qualidade dos serviços jurisdicionais prestados por esse Tribunal, reconhecido no cenário nacional”, salientou.

O chefe do MPRO ressaltou a importância de um Judiciário forte e independente para garantir o acesso da Justiça a todos e que o diálogo e o equilíbrio têm sido a tônica do Ministério Público e o Tribunal de Justiça. “O Ministério Público agradece aos desembargadores que encerram o mandato pela forma atenciosa e respeitosa que sempre receberam os integrantes do Ministério Público. À nova direção do Judiciário rondoniense para o biênio 2020/2021, desejo pleno sucesso, na certeza que o Judiciário rondoniense continuará a ser exemplo a ser seguido por outros Tribunais da Federação”, afirmou Aluildo de Oliveira Leite.

Sobre os desafios para o Biênio 2020/2021, o desembargador Paulo Kiyochi, novo presidente do TJRO, declarou contar com o apoio de servidores e magistrados na condução administrativa do Poder Judiciário do Estado de Rondônia.

Fonte: Ascom MPRO