Em fiscalização no posto de Jaru, Polícia Rodoviária Federal apreendeu 46 quilos de skunk e 7,45 quilos de cocaína; drogas poderiam render até R$ 725 mil aos criminosos

JARU – A polícia Rodoviária Federal interceptou um carregamento de drogas que seguia de Rondônia para o Centro Oeste no parta malas de um veículo usado que era transportado em um caminhão cegonha. Para os traficantes, seria uma fórmula infalível de transportar a droga sem chamar a atenção da polícia. Deu xabu!

Nesta sexta-feira, durante fiscalização na BR 364 em Jaru, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptou um carregamento de 46 Kg de Skunk (também conhecida como supermaconha). Na mesma abordagem foram identificados ainda 7,45 Kg de cocaína. A ocorrência foi registrada nesta tarde desta sexta-feira, 25.

No total 53,45 Kg de drogas ilícitas eram transportadas no porta malas de um veículo, que por sua vez era conduzido sobre um caminhão cegonha, e teria como destino final Goiânia.

Os ilícitos foram encaminhados à Polícia Civil para destruição. Após apuradas as responsabilidades, os envolvidos poderão responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Se tem uma coisa que o tráfico de drogas faz permanentemente é inovar na maneira e na forma como tenta transportar seus produtos de forma a enganar a polícia sempre. E, de outro lado, se tem uma coisa que as polícias estudam atualmente e analisar essas inovações e impedir que os traficantes alcancem seus objetivos: no caso de Rondônia, despachar cocaína para outros estados do centro oeste, sudeste e do sul do Brasil.

Com informações do Nucom.RO