A promessa de pavimentação e drenagem que não saiu do papel é alvo de cobrança dos moradores

PORTO VELHO – A poeira e o tempo seco tem sido algo que está incomodando muita gente, mas para os moradores da rua Cajueiro, bairro Castanheira, em Porto Velho, essa situação está bem pior. A promessa de pavimentação e drenagem que não saiu do papel é alvo de cobrança dos moradores.

Segundo o morador Carlos Alberto, após o patrolamento e cascalhamento da rua, a poeira aumento muito, pois deixaram o serviço inacabado e a situação piorou, prejudicando o tráfego de veículos no local, conforme mostra em fotos da rua. Sem contar os transtornos e riscos de saúde para os moradores.

O abandono, conforme Joel Andrade, não se justificaria tendo em vista a existência de boas casas e os cerca de 50 anos de existência do bairro que hoje está inserido em um cenário de abandono causado por “promessa que não é cumprida”.

Moradores depositam todas as esperanças na chegada das obras de asfaltamento, afinal foi uma promessa de campanha do prefeito ainda em campanha e até o momento nada. Segundo a moradora, Mara Lúcia, todos sofrem no período da seca ou no inverno, quando a situação se agrava com muita lama e buraqueira.

Foram várias promessas eleitoreiras não cumpridas e os moradores prometem pressionar para ver a reivindicação de vários anos ser atendida e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida.