Antigo banheiro e banheiro novo /Fotos Assessoria

PORTO VELHO – Unidos, estudantes de arquitetura da Faculdade São Lucas usaram o que aprenderam para mudar a vida de uma família muito pobre, em Porto Velho. Na casa de dona Nair Castro, vivem ela – que é mãe de um menino autista – e a avó, uma aposentada que é a única fonte de renda da família. 

A casa não tinha banheiro, o piso era puro chão de terra, os móveis estavam caindo aos pedaços e as partes elétrica, hidráulica e estrutural colocavam em risco a segurança e a saúde dos moradores.
Isso até que um professor de arquitetura e seus alunos arregaçaram as mangas e usaram o que aprenderam na faculdade para encontrar soluções e dinheiro para reformar a casa de dona Nair. Eles foram várias vezes até a residência para saber o que família precisava.

Sem dinheiro, o grupo se mobilizou para arrecadar fundos. “Fizemos algumas ações para arrecadar dinheiro (feijoada, venda de rifas, cupcakes) e buscamos patrocínios com lojas de móveis, materiais de construção, iluminação e acabamento”, conta o professor de arquitetura, Walter Netto.

Os alunos receberam ajuda de pessoas físicas e colocaram um caixa em sala de aula, onde cada aluno contribuía com o que podia.

Contrataram mão de obra e colocaram a mão na massa. Substituíram o telhado da casa, fizeram o banheiro, trocaram todo o piso e refizeram a parte elétrica e hidráulica.

Também compraram móveis novos, alimentos e produtos de higiene pessoal para a família da dona Nair. E fizeram um jardim, calçada e muro novos para a casa.

A reforma levou dois meses para ficar pronta. Durante esse tempo, a família ficou em uma casa alugada pelo voluntários.

“O resultado foi mais que gratificante e refletido pelo brilho nos olhos dos moradores. Todos saímos com almas carregadas e uma doce e azul sensação de fazer o bem”, lembra o professor Netto.

“Quando fiz minha faculdade (coincidentemente em Porto Velho, Rondônia também), sempre senti falta de vivências reais e que fizessem a diferença na vida das pessoas, e esses estudantes puderam fazer isso” – diz o maranhense Vicente Carvalho.

Criado em Rondônia e morando em São Paulo desde 2008, Vicente se diz “otimista por natureza e sempre vê o lado bom das coisas”. Eem 2012 ele fundou o site RPA [Razões para Acreditar].

Veja mais boas ações no site de Vicente Carvalho