PORTO VELHO – Acusado de invadir um condomínio de luxo e agredir uma filha do ex-senador de Rondônia Odacir Soares, Paulo Rodrigo Ferreira Paiva de 29 anos, preso no domingo (29), foi encaminhado ao presídio de médio porte Pandinha, onde responderá pelo crime de violência doméstica/lesão corporal.

A confusão assustou moradores do residencial, que fica localizado no bairro Pedrinhas, região Central da Capital. O senador Valdir Raupp (PMDB-RO), para quem ele trabalhava em Porto Velho, exonerou-o.

De acordo com testemunhas e polícia, Paulo entrou no condomínio dizendo estar armado, invadiu o apartamento da vítima e passou a agredi-la. Antes de ir embora, danificou o carro da mulher e o veículo do namorado dela.

Dois casos de violência doméstica ocorreram domingo em Porto Velho, em um deles um homem tentou atear fogo na esposa, nas duas situações a polícia conseguiu conter os agressores.

O acusado era ajudante parlamentar intermediário do Senador Valdir Raupp (PMDB), em Brasília. A exoneração do ajudante intermediário de Raupp será publicada no Boletim do Servidor do Senado Federal na  edição de amanhã (31).

Nota da assessoria de Raupp diz que a exoneração foi necessária “por não compactuar com agressões físicas a qualquer pessoa e, principalmente  contra as mulheres.”  “Tão logo tomei conhecimento do episódio, enviei ofício  a Diretoria de Recursos Humanos do Senado,  exonerando o servidor do gabinete.”

Ainda conforme a nota, o senador assinala que aos servidores de seu gabinete deu orientações no sentido de agirem com conduta ética e respeito as pessoas.”