Ele se apresentou à Polícia Civil na manhã desta segunda-feira, acompanhado de um advogado, e confessou ser o autor dos disparos

PORTO VELHO – Tudo ainda está meio nebuloso, mas começa a clarear o esclarecimento do atentado à tiros contra o marido da delegada da Polícia Civil, Rosilei Lima, na madrugada desta segunda-feira. Tudo não teria passado de um mal-entendido.

Na manhã desta segunda-feira, 22, um agente da Polícia Federal se apresentou acompanhado de um advogado, no Complexo da Polícia Civil, em Porto Velho. Ele confessou ser o autor dos disparos que atingiram o marido da delegada, no bairro Pedrinhas, em Porto Velho.

De acordo com a versão apresentada à Polícia, o policial estaria namorando no carro, quando viu o marido da delegada chegar próximo armado. Pensando se tratar de um assaltante, já que o homem estava armado, o policial teria se assustado e disparado primeiro.

Com informações do rondoniaovivo.com

Print Friendly, PDF & Email