O novo magistrado sempre estudou em escola pública e se formou no curso de Direito pela Universidade Federal da Paraíba

BELÉM – A obstinação e a superação sempre foram companheiras inseparáveis de Francisco Walter Rego Batista, um menino pobre do interior do Rio Grande do Norte, que venceu todos os obstáculos até chegar aonde sempre sonhou: um lugar na magistratura brasileira. Nascido no município de Pau dos Ferros, região do Alto Oeste Potiguar, filho de um carroceiro e uma lavadeira, Francisco Walter Rêgo Batista, é mais um exemplo de superação e tomou posse como juiz do Tribunal de Justiça do Pará, na última segunda-feira, 11.

Em sua trajetória, o novo magistrado sempre estudou em escola pública e se formou no curso de Direito pela Universidade Federal da Paraíba.

A persistência na rotina de estudos e dedicação superando as adversidades foi premiada com a posse efetivada em solenidade no TJPA. As informações são do Justiça Potiguar.

O presidente do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), desembargador Leonardo de Noronha Tavares, deu posse na sexta-feira, 8, a 30 novos juízes substitutos aprovados no Concurso Público para o provimento de vagas e a formação de cadastro de reserva do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA).

A solenidade ocorreu no plenário “Desembargador Oswaldo Pojucan Tavares”, do edifício-sede, e foi transmitida online pelo site da instituição, devido aos protocolos de prevenção à covid-19. Compareceram à cerimônia e tomaram posse presencialmente 22 novos magistrados e oito foram empossados de forma remota.

(Por Ilma Emerenciano / Fonte: www.blogdedaltroemerenciano.com.br)

Print Friendly, PDF & Email