PORTO VELHO – Com tantas leis favoráveis e tanta gente para defender o direito dos bandidos, nem as câmeras de vigilância eletrônica intimida mais os meliantes na hora de agir. Esse vem sendo o resultado de um país que adota políticas frouxas com os que infringem a lei e dita regras para os cidadãos de bem, que vivem de acordo com a legislação em vigor.

A cena revoltante do momento é um filmete em que dois meliantes em uma bicicleta atacam uma transeunte e lhe rouba a bicicleta. A cena aconteceu em uma rua do bairro São Francisco, em Porto Velho, em plena luz do dia da última quinta-feira, 12. Através das imagens e informações de populares, a polícia tentar localizar a dupla.

Nesse sentido, a bandidagem comum atua mais ou menos como a bandidagem de colarinho branco que infestam repartições cortes e palácios e parlamento. Mesmo com a operação Lava-Jato em ação prendendo ladrão do dinheiro público toda semana, o que não falta é gente praticando corrupção todos os dias, na tentativa de engordar seus patrimônios em detrimento da qualidade da educação, da saúde e da segurança de milhões de brasileiros necessitados.

Com a proliferação das câmeras de segurança instalada pela população para suprir a insegurança pública, as ações dos marginais em plena luz do dia agora são gravadas e acaba subsidiando a polícia na tentativa de prender os meliantes.

A ideia inicial ao instalar uma câmera em uma residência é a de intimidar a ação dos bandidos, mas neste brasilzão de tantos direitos humanos e poucos deveres aos manos, ser filmado em plena ação não chega a ser um problema para os bandidos, muitos com longa folha corrida de crimes e passagens pelo sistema prisional.

O caso

Câmeras de segurança de uma residência filmaram a ação dos dois criminosos derrubando a mulher em uma bicicleta durante assalto na tarde de quinta-feira (12), na Rua Tereza Amélia, bairro São Francisco, zona Leste de Porto Velho.

As imagens mostram a vítima de aproximadamente 50 anos pedalando uma bicicleta, quando é surpreendida por dois criminosos em outra bicicleta. Um dos assaltantes pula da garupa e de arma em punho segura fortemente a vítima pelo braço. A mulher se desequilibra, sofre queda em uma calçada e o criminoso foge junto com o comparsa, cada um em uma bicicleta.

Através das imagens e informações de populares, a polícia busca prender a dupla.