ROLIM DE MOURA e PORTO VELHO – A conclusão das reformas trabalhista e previdenciária vai melhorar a segurança jurídica e assegurar a estabilidade que o Brasil necessita para melhorar o ambiente de negócios. O Sistema Indústria vem fazendo sua parte na defesa do Brasil, e no fortalecimento das empresas nacionais. É importante o papel que o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) desenvolve na formação profissional, qualificando a mão de obra para a indústria.

As observações foram feitas pelo presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), Marcelo Thomé, durante recepção ao presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, no auditório da Casa da Indústria, em Porto Velho, quinta-feira (5) à noite.

A Escola do Sesi-Senai em Rolim de Moura

O encontro denominado “Diálogo sobre Desenvolvimento Econômico” marcou o encerramento da agenda do presidente da CNI ao estado.

Robson Andrade chegou a Porto Velho na manhã de quinta-feira, seguiu para Rolim de Moura, onde inaugurou a escola do Sesi-Senai, almoçou em Cacoal, onde fez uma visita a nova escola do Sesi-Senai e, à noite, participou do “Diálogo sobre Desenvolvimento Econômico”, na sede da Fiero.

Durante a inauguração da escola Sesi-Senai em Rolim de Moura [Zona da Mata], Robson Andrade anunciou que a CNI vai liberar R$ 2 milhões para a compra de equipamentos que serão instalados nas escolas integradas do Sesi-Sesi no interior do estado.

Um pleito das indústrias rondoniense à Fiero, a aquisição de equipamentos para o pleno funcionamento do laboratório de análise de alimentos instalado em Rolim de Moura será brevemente realidade. Coube ao senador Ivo Cassol anunciar que a CNI ouviu o pleito da Fiero e vai liberar uma verba de R$ 3 milhões para a compra dos equipamentos do laboratório.

A inauguração da escola do Sesi-Senai em Rolim de Moura movimentou a da Zona da Mata e foi prestigiada pela população e por lideranças empresarias e políticas da região.

“O laboratório de análise de alimentos é uma importante conquista não só para a indústria de Rondônia, mas para a região Norte”. Marcelo Thomé, presidente da Fiero

Segundo Thomé, o laboratório dará mais agilidade a exames microbiológicos e físico-químicos, atendendo a todos os segmentos da indústria de alimentos de Rondônia.

O presidente da CNI, Robson Andrade, disse que, a partir de agora o Senai leva a juventude da Zona da Mata de Rondônia a possibilidade de treiná-los e prepará-los com formação adequada para enfrentar o desafio do trabalho e do desenvolvimento e contribuir com futuro do desenvolvimento do estado de Rondônia.

Robson Andrade, Confúcio Moura e Thomé, na Casa da Indústria

“Só se faz desenvolvimento e crescimento através do investimento em educação, fundamental para que as pessoas possam crescer, desenvolver e melhorar a qualidade de vida. E essa é a contribuição da indústria brasileira através do Senai”, disse Robson Andrade.

O diálogo na Fiero teve duas palestras: Flávio Castelo Branco, da gerência de Políticas Econômicas da CNI, falou sobre ‘Cenários e Perspectivas para a Economia Brasileira e o Setor Industrial’, e o diretor de desenvolvimento industrial da CNI, Carlos Eduardo Abjaodi, abordou ‘Desafios e Oportunidades para a Política Industrial’.

As palestras foram prestigiadas por empresários convidados, governador Confúcio Moura e o vice Daniel Pereira; o general de brigada José Eduardo Leal; senador Raupp e deputada federal Marinha Raupp; deputado estadual Anderson, do Singeperon; prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves; presidente do Tribunal de Contas, Edilson Silva, acompanhado do conselheiro Paulo Curi; e por diretores e conselheiros do Sistema Fiero.

A Fiero inaugura, no próximo dia 25 a escola do Sesi-Senai em Jaru, com capacidade para aproximadamente 500 alunos por turno. O ensino profissionalizante atenderá à demanda das indústrias da região.

Pimenta Bueno também ganha uma Escola do Sesi-Senai, já em fase de instalação de equipamentos para ser brevemente inaugurada, e Cacoal ganhou nova estrutura integrada com a nova Escola Sesi-Senai.