Após uma longa indefinição, o governador Daniel Pereira resolveu exonerar os servidores e ocupantes de cargos de confiança lotados na Secretaria de Desenvolvimento Ambiental – Sedam, que estão sendo investigados pela Operação Pau Oco, deflagrada pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual na última segunda feira, dia 5 de novembro.

Santo do Pau Oco (Foto Projeto Araribá)

Foram exonerados, segundo o Diário Oficial do estado nº 205, de 8 de novembro de 2018, com decretos com datas retroativas de 7 de novembro: Hamilton Santiago Pereira, do cargo de Secretário de Estado do Desenvolvimento Ambiental; Osvaldo Luiz Pittaluga e Silva, do cargo de Secretário-adjunto da Sedam; e Átila Lima e Silva, do cargo de Coordenador de Desenvolvimento Florestal da Sedam. Para exercer o a função de secretário da Sedam, interinamente, foi nomeado o atual Diretor-Executivo da Secretaria, Renato Berwanger da Silva e para adjunto, o atual Coordenador de Unidades de Conservação, Jorge Lourenço da Silva.

As providências que a sociedade esperava foram tomadas, agora faltam as explicações.