Leo Ladeia

FRASE DO DIA:

“As investigações da Lavo Jato já levaram um grande grupo da colegada petista para a prisão. Mas querem que o brasileiro acredite que o Lula é o único inocente. Que é água pura num cano de esgoto. Não cola.” – Roberto Jefferson, ex-deputado, pai de ministra.

1-Outro Fernandinho

No Brasil nada é tão ruim que não possa piorar. Analisem o que há disponível para dirigir o país: Lula, Bolsonaro, Rodrigo Maia, Levy Fidelix, Eymael, Meireles, Ciro, Huck, Marina, Alckmin, Barbosão, Temer e para quem acha pouco estas doutas excelências, o marrento Fernando Collor anunciou que é pré-candidato a presidente do Brasil. Por coincidência 13 “estadistas”. É tanto azar que até o hippie Elvis Alves estranhou, “o bagúio tá feio maluco”.  

2-Justiça insana

A deputada que tem Brasil no nome foi indicada para ministra do trabalho e ficou ministra por horas com as bênçãos de uma justiça e alívio dos corações de duas ratazanas: o pai e Temer. Mas na madrugada, horas antes da posse a outra justiça desfez o feito e a ministra “jáoera”. O gasto financeiro para entronizar Cristiane Brasil como “Imperatriz do Trabalho” é pago por nós, mas o custo político é do turco e seu bando que nada têm a perder. Aliás, se fosse qualquer outro ministério dona Brasil, mesmo sem qualificação, assumiria da igual forma. Temer não busca sumidade. Paga por apoio.  Enquanto isso na sala da justiça…

3-Pelo fim do foro privilegiado

O ministro Marco Aurélio do STF deu prazo de 30 dias, após o recesso do Judiciário, para Toffoli devolver o processo sobre prerrogativa de foro especial. Depois ele vai começar a enviar inquéritos de parlamentares que não devem ficar na Corte para a primeira instância. “Se o pedido de vista virar ‘perdido de vista’, vou implementar o meu entendimento”, e mais: “O entendimento da maioria da Corte é de que serão mantidos no Supremo somente inquéritos de políticos acusados por crimes cometidos no exercício do mandato. Luís Roberto Barroso já enviou processo de deputado à Justiça Federal.” Está certo o antenado Ministro Marco Aurélio. Ninguém aguenta mais essa imoralidade.  It’s now or never!

4-PF: a excelência no serviço público

A PF pode ter um reforço de 6.000 novos cargos com novas prerrogativas de função, PFs fardados para operar em fronteiras, aeroportos e crimes interestaduais. Tratado por Temer, Segóvia, ministro Jardim e apoio do ministério do Planejamento, a proposta para a criação colherá sugestões da PF para implementação antes que o governo envie ao Congresso. O projeto não é novo, nasceu com FHC, mas não foi em frente. Uma ferramenta relevante e aumenta o poder da eficiente PF contra o tráfico de armas, drogas e terrorismo. Gostei!

5-Covil do Temer

Marun, o histriônico Ministro da Secretaria de Governo, disse que Temer não desistiu de Cristiane no Ministério do Trabalho. “Novelas sempre têm um final feliz. O governo mantém a serenidade e obviamente insistirá nessa luta judicial pela preservação das prerrogativas do presidente [para nomear seus ministros], e temos confiança no bom senso das decisões judiciais, que vão garantir a posse da ministra escolhida pelo presidente”. Faz todo sentido. Marun tem o nanismo moral da Cristiane, Renan, Jucá, e “et relíquia caterva”. É do covil.

6-Ficou barato

Para quem crê na República Sindical Brasileira que diz ser a previdência superavitária, os números saíram do forno: R$ 268,79 bilhões em 2017, soma de INSS e RPPS da Uniâo. O rombo é 18,5% maior que o de 2016, que foi R$ 226,88 bilhões, com aumento nominal de R$ 41,9i bilhões O valor do rombo, no ano passado, foi o maior da série histórica e, apenas no INSS o rombo subiu de R$ 149,73 bilhões, em 2016 o que equivale a 2,4% do PIB, para R$ 182,45 bilhões, 2,8%) do PIB. E agora Paim? Que tal refazer a conta e cortar a língua?

leoladeia@hotmail.com