Montezuma Cruz

Eu vou à sua casa, mamanhã tem culto, Felipe.
Mas amanhã tem culto.

Marrapá!
Mas rapaz!

Cumutação de pena é mapreprimá, tá ligado?
Comutação de pena é mais para preso primário, certo?

Quero o remédio, mana. Artorse atacou os ossos, num posso usá nem mensanéis.
A artrose atacou os ossos, não posso usar nem meus anéis.

Tem marrotraculhé?
Tem outra colher?

Se num tivesse assistência, nós não viviamarraqui.
Sem assistência, não viveríamos mais aqui.

Ela era mavela que eu um ano.
Ela era mais velha.

Marrémesmo?
Mas é mesmo?

Marromenu.
Mais ou menos.

É cedo, marrucara quis a vaga, né?
Mas o cara.

Ofereci a vaga, marrele num quis.
Mas ele não quis.

Marru médico dele disse pra tirá o tumô.
Mas o médico pediu para tirar o tumor.

Vai com quem pra colônia? ma o Luiz.
Vou com o Luiz.

Eu marra Cátia entramo no pavilhão.
Eu e a Cátia entramos no pavilhão.

Um pouco do jeito nortista e nordestino de falar no Distrito Federal e em Porto Velho. Anotei frases em minhas viagens de ônibus, metrô, nas ruas a pé, e na convivência com funcionários do Senado Federal e da Câmara dos Deputados. Modificações ocorridas com o uso de cacófatos, fonemas, pleonasmos, verbos conjugados pela metade ou misturados.

COLUNAS ANTERIORES