JI-PARANÁ – A 8º Rondônia Rural Show traz para o público nestes quatro dias de feira inovações, tecnologia e compartilhamento de conhecimentos, inclusive com lançamentos e fomento de novos negócios. Na tarde desta quarta-feira (22) foram lançados na feira dez cultivares de café, o aplicativo Arbopasto e foi feita a assinatura de contrato com viveristas.

Governador Marcos Rocha participa da assinatura de novas cultivares de café

‘‘Quando a gente apoia o produtor, quando a gente oferece condições para o produtor crescer, o Estado cresce junto e o país se desenvolve. Vamos investir sim nos nossos produtores’’, disse o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha.

Ele ainda apontou que as parcerias são importantes para fortalecer o desenvolvimento do Estado, como a que existe com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Rondônia.

Para Marcos Rocha, as pesquisas desenvolvidas pela Embrapa são essenciais, uma vez que combate pragas que destroem plantações inteiras, além de apontar o caminho para produzir mais, em pouco tempo, com qualidade e sustentabilidade. ‘‘Quanto a gente vê o que é feito pela Embrapa e nossos órgãos voltados para o agronegócio como a Seagri, Emater e Idaron, eu não tenho dúvida que estamos no caminho certo’’, afirma.

Na oportunidade foram lançadas dez cultivares de café, resultado de mais de dez anos de pesquisa, e que trazem inovações em nível internacional. ‘‘Nunca tinha sido feita a descoberta dessas características. Cada cultivar foi caracterizada individualmente e apresentam fatores como resistência a praga e doenças, e qualidade de bebida”, explica o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Rondônia, Frederico Botelho.

São cultivares hibridas de conilon e robusta. São materiais que tem descritas a compatibilidade para dar mais segurança e sustentabilidade na escolha. E para fazer com que elas cheguem ao máximo de produtores possíveis foram assinados contratos autorizando viveiristas a produzirem essas cultivares, entre eles, Jordy Casteluber, da cidade de Alvorado do Oeste. ‘‘É muito importante a gente trabalhar com parceria, tanto em receber apoio como se tornar parceiro’’, disse.

Também foi lançado o aplicativo Arbopasto que ajuda o produtor a escolher a espécie nativa para introduzir na pastagem. ‘‘São 51 espécies nativas neste catálogo onde o produtor pode escolher a que melhor se adequar ao sistema produtivo com o objeto de melhoramento do microclima e consequentemente do bem-estar animal, especialmente em Rondônia onde as temperaturas são elevadas’’, conta Frederico Botelho.

O aplicativo é resultado de pesquisa realizada pela Embrapa Rondônia juntamente com a Embrapa Acre e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Foram anos de pesquisa até catalogar as espécies com suas devidas características. Foi lançado primeiramente um livro com o catálogo dessas informações e a partir dele se chegou ao aplicativo que está disponível do Google Play e também no site da Embrapa.