PORTO VELHO – Crianças de cinco escolas de Porto Velho passaram a manhã desta segunda-feira (29) viajando entre reinos mágicos, batalhando ao lado do Homem de Ferro e confundindo dragões com moinhos de vento. Rodeados por livros os alunos saíram das salas de aula e visitaram a 17° Brigada da Infantaria de Selva, localizada na rua Duque de Caxias, área central da capital.

Dia contou com atividades culturais para crianças — Foto: Ana Kézia Gomes/G1

Um dos estudantes que compareceu ao evento é Rafael da Costa, de 10 anos, que sonha em trabalhar na Aeronáutica, durante a manhã ele aproveitou pra aprender sobre os drones que estavam expostos no local.

“Eu jogo muitos games de avião no celular, mas eu quero mesmo é pilotar um avião de verdade”, diz Rafael, ressaltando que o coração bate mais forte pelos aviões de caça.

Ele escolheu ler durante a manhã o livro “O pequeno príncipe”, que também é um apaixonado pela aviação.

Rafael, de 10 anos, é apaixonado pela aviação — Foto: Ana Kézia Gomes/ G1

O evento faz parte da Campanha Ler+1, promovida pela Rede Amazônica. De acordo com Flávia Menezes, gerente de marketing da rede, desde janeiro o projeto arrecadou mais de 40 mil livros.

Os exemplares serão distribuídos para comunidades ribeirinhas, escolas da capital e interior. O objetivo é reduzir o índice de insuficiência em literatura na região Norte do país.

“Hoje começa uma etapa nova do Ler+1, a gente continua com a arrecadação, mas hoje marca o início da distribuição. A gente tá aqui comemorando o dia nacional do livro e porque não convidar crianças pra terem esse momento de leitura, brincadeira e diversão?”, comenta Flávia.

As crianças levaram exemplares pra casa — Foto: Ana Kézia Gomes/ G1

As crianças que compareceram ao evento puderam escolher e levar livros para casa, além de muita brincadeira, pipoca e refrigerante. Segundo Hélio Kimelblat, diretor executivo na Rede Amazônica, a ideia em promover o evento cultural é possibilitar que as crianças tenha mais contato com a leitura.

A manhã também contou com exposição de materiais operacionais da 17° Brigada da Infantaria de Selva, atividades físicas com a pista do recrutinha, pista de rastejo e trilha de pneus.

Pista do recrutinha foi sucesso no evento — Foto: Ana Kézia Gomes/ G1

“Nessa atividade de hoje a gente traz essa garotada pra prática da leitura e a leitura é essencial, não só pelo conhecimento que proporciona, mas também pela formação de juízo de valor, então a criançada pode ao ler adquirir conceitos, boas práticas que vão fazer com que esse jovem seja um cidadão melhor”, diz o general de brigada José Eduardo Leal de Oliveira, comandante da 17° Brigada da Infantaria de Selva.

Livros foram distribuídos durante o evento — Foto: Ana Kézia Gomes/ G1