CACOAL – O deputado Cirone Deiró (Podemos) celebrou a classificação do projeto Renascer das Águas, da prefeitura de Cacoal, para a premiação MuniCiência, realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O parlamentar explicou que a CNM tem atuado para identificar, reconhecer e reaplicar práticas inovadoras em gestão municipal. A iniciativa da prefeitura de Cacoal recentemente recebeu o Prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae, na categoria preservação ambiental.

Cirone Deiró informou que a atenção que o projeto Renascer das Águas recebeu da Confederação Nacional dos Municípios, entidade que congrega os prefeitos brasileiros, demonstra que a proposta da prefeitura de Cacoal para recuperar as nascentes nas propriedades rurais pode servir de exemplo para outros municípios brasileiros. “Essa é uma iniciativa que devolve às propriedades as nascentes de água que desapareceram pelo manejo indevido. A água em abundância é fundamental para o agricultor e sua família”, afirmou.

O parlamentar destacou o compromisso da prefeita Glaucione Rodrigues com o desenvolvimento da agricultura do município. Segundo ele, Cacoal possui mais de seis mil propriedades que na sua grande maioria se dedicam à agricultura familiar, e a implantação do projeto Renascer das Águas trouxe uma nova perspectiva para o setor agrícola da Capital do Café. “Uma propriedade sem água, não tem produção e nem tão pouco condições de as famílias permanecerem, por isso, essa iniciativa da prefeita merece o nosso reconhecimento”, justificou.

De acordo com o deputado, a relevância do projeto Renascer das Águas conquistou a parceria do Ministério Público, Sedam, Emater, Conselhos de Agricultura e Meio Ambiente e empresa Castilho, entre outras empresas e entidades que tem demonstrado interesse em participar desta importante ação. “A recuperação das nossas nascentes é um dos pilares para o fortalecimento da agricultura e da melhoria da qualidade de vida do homem do campo”, finalizou.

Por meio do projeto ‘Recuperar e Renascer das Águas’ a Prefeitura de Cacoal trabalha para recuperar 150 nascentes da bacia do Rio Pirarara. Todas as propriedades a serem atendidas já estão cadastradas no projeto. Cerca de 30 propriedades já foram contempladas. A iniciativa vai devolver a essas propriedades a vitalidade da produção de água das minas.

 

 

 

Fotos: Júnior Cazangi/Assessoria