Conselho da Caerd empossa novo presidente que promete economizar R$ 1,2 milhão por mês

28

Em concorrida reunião no gabinete do secretário-chefe da Casa Civil, Eurípedes Miranda, durante toda manhã e parte da tarde desta quinta-feira (10), o Conselho de Administração da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) decidiu destituir sua diretora-presidente Iacira de Azamor, e dar posse ao novo gestor da companhia, o servidor de carreira José Irineu Cardoso Ferreira.

De acordo com o titular da Casa Civil, foi uma reunião longa, mas harmoniosa e muito proveitosa, que também empossou os novos diretores Técnico Operacional, Vagner Marcolino Zacarini, e Administrativo Financeiro, Sérgio Galvão da Silva, com a missão de realizar uma gestão austera e de resultado para a companhia e para a população.

O novo presidente da Caerd surpreendeu a todos ao anunciar uma redução de cerca de R$ 5 mil de seu salário, e ainda, juntamente com os dois novos diretores empossados, que são também funcionários de carreira da companhia, abdicar da remuneração do Jeton de membros do Conselho de Administração da empresa, gerando uma economia mensal de R$ 1,2 milhão nos cofres da Caerd.

A nova direção da Companhia, em documento endereçado ao governador Daniel Pereira, entregue ao Conselho da Administração, expressa sua decisão de realizar uma gestão comprometida com a licitude, e ao final formaliza o compromisso de executar um plano de contingência de despesa para bem manter a administração da companhia.

Fonte: Cleuber Rodrigues Pereira/Secom