A primeira edição da Caravana do Leite no estado, realizada pelo o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Agricultura, está nos últimos preparativos. A Caravana sai no dia 29 de Porto Velho com destino a Nova Mamoré, onde acontece a 3ª edição da Festa do Leite no município.

Rondônia conta com 38 mil produtores de leite e mais de 14 milhões cabeças de gado

De acordo com o secretário da Seagri, Evandro Padovani, Rondônia conta com 38 mil produtores de leite e mais de 14 milhões cabeças de gado. Desses, 3.184 mil são gados leiteiros, com produção média de 4,7 litros de leite ao dia por animal. Sendo o maior produtor de leite da região Norte e o 8º do Brasil.

No estado, Nova Mamoré é o maior produtor de leite. O município tem aproximadamente 207 mil cabeças de bovinos, com 1.300 produtores, produzindo 125 mil litros de leite diariamente.

O projeto da Caravana acontece, inicialmente, em Nova Mamoré, podendo acontecer, também, em outras regiões, dependendo da demanda. O evento vai proporcionar a esse público conhecimentos que ajudarão na melhoria da produção, qualidade do leite e segurança alimentar aos consumidores.

Evandro Padovani fala sobre a caravana do leite à imprensa

Serão oferecidas diversas palestras, como retirada da vacina contra a febre aftosa, exposição das normativas 76 e 77 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e cenário atual da atividade leiteira no Brasil, pelo presidente da Associação Brasileira dos Produtores de leite (Abraleite), Geraldo Carvalho Borges.

Cesar Miazzi, gerente de Desenvolvimento da Pecuária da Seagri, disse que as normativas são importantes para proporcionar a melhora na produção do leite. O técnico explica que uma enzima natural presente no leite mantém a qualidade do produto por até três horas. Com as novas instruções normativas, o leite colhido do animal deve receber refrigeração de 4 graus nas primeiras 3 horas. O técnico lembrou que a primeira Instrução Normativa para o leite se deu com a IN 51 em 2002.