VILHENA – Um caminhoneiro – cujas informações iniciais dão conte ser de Jaru -foi morto em Vilhena com uma pedrada ao tentar passar por manifestantes que se mobilizaram próximo ao posto Mirian, na Avenida Marechal Rondon, saída para Cuiabá, em apoio a paralisação que ainda acontece na cidade.

 

A Polícia Rodoviária Federal confirmou a informação da morte, mas diz que o homem teria sido atingido antes de chegar no ponto de manifestação e provavelmente foi jogada “por algum transeunte ou alguém que tenha passado de carro e arremessado a pedra”.

Segundo apurou a reportagem, o caminhão do motorista foi atingido por uma pedra, que atravessou o para-brisa e acertou a cabeça do homem, causado a morte instantânea.

Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou a morte.

De acordo com alguns caminhoneiros, o grupo de manifestantes não faz parte da classe.