PORTO VELHO – Na noite da última quarta-feira (22/05), acadêmicos do curso de Direito da Faculdade Católica de Rondônia (FCR) montaram um estande no rol de entrada da Instituição para divulgar e sensibilizar a comunidade sobre os malefícios do alto consumo de plástico e como reduzir o seu consumo no cotidiano. A ideia surgiu a partir de discussão proposta na disciplina de Direito Ambiental, sob a responsabilidade da professora mestre e doutoranda Marta Luiza Leszczynski Salib.

Segundo o líder da equipe, Gustavo Silvestre, acadêmico do 7ª período de Direito, mais pessoas precisam ser informadas e instigadas a fazer adesão de canudos de inox ou papel reciclável, canecas e copos ecológicos, seja em casa, onde estuda ou no ambiente de trabalho. “É muito importante contribuirmos não só para evitar como também diminuir a poluição dos nossos rios e mares e, em consequência, a possível extinção de diversas espécies da nossa fauna, flora e do meio ambiente como um todo”, disse.

O grupo de alunos apresentou banners e panfletos confeccionados em papel reciclável e biodegradável como alternativa ao uso de plástico. Neste sábado, 25, o movimento chegará ao Espaço Alternativo de Porto Velho, no período da tarde para que atinja mais pessoas.

REDES SOCIAIS

De acordo com os integrantes do projeto, a divulgação também será feita através das redes sociais. “Queremos atingir uma quantidade maior de pessoas, principalmente daqueles que não estarão presentes por onde as ações forem realizadas com instruções sobre como contribuir com a causa”, garantiu Gustavo Silvestre.

ANÁLISE DO CONHECIMENTO

Foram confeccionadas camisetas e canecas para trazer à causa maior visibilidade. Serão distribuídas algumas amostras para que as pessoas possam interagir e avaliar o seu conhecimento sobre a produção de lixo e consumo de plásticos no meio ambiente.