CACOAL – Aproximadamente 150 acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unesc estiveram envolvidos com a 1ª Semana de Bancas de Projetos, realizada entre os dias 15 e 18 de abril. O evento reuniu os acadêmicos de todas as turmas do curso oferecido pela Unesc, na unidade de Cacoal.

De acordo com a coordenadora de Arquitetura e Urbanismo da Unesc, Jamille Coelho, a ideia é preparar os estudantes para o futuro. “O objetivo é estimular a crítica e ampliar o repertório de análise dos nossos acadêmicos. É um trabalho que os auxilia a se posicionarem criticamente sobre os mais variados projetos, seja na área de arquitetura, urbanismo ou paisagismo”, explicou a coordenadora do curso.

Além de prepará-los para serem mais críticos em relação aos projetos que desenvolvem, a  1ª Semana de Bancas é um aquecimento para os acadêmicos que em breve defenderão os seus trabalhos finais de graduação.  “Isso já é uma base para eles desenvolverem a oratória, a apresentação e a defesa de idéias”, destaca a professora e mestre Jamille Coelho.

A acadêmica Daniela Sluzarczuk está cursando o 9º período do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unesc. Para ela, a atividade foi um grande diferencial e uma ótima oportunidade. “É importantíssimo tanto para os alunos que estão apresentando, quanto para os que prestigiam as apresentações, porque quem apresenta aprende a lidar com o público, aprende a se expressar melhor também e já vai treinando para a apresentação final do TFG, que nós acadêmicos de arquitetura, temos que apresentar ao final do curso. Já pra quem assiste, além de prestigiar o trabalho do colega, agrega conhecimento para a sua carreira profissional”, ressalta a futura arquiteta e urbanista.

Daniela destaca ainda que esse tipo de atividade é um treinamento para a vida real. “Na prática aprendemos ainda mais quando você projeta e precisa apresentar o seu trabalho para outras pessoas. É como se você estivesse lidando com a vida real, projetando e apresentando para o cliente. Por isso acredito que sirva como treinamento para o que vem pela frente, além de ajudar a gente a perder o medo de apresentar os trabalhos que produzimos”, conclui a acadêmica.

Ao todo, 40 projetos foram apresentados durante a 1ª Semana de Bancas de Projetos, que contou com trabalhos voltados para as áreas arquitetônicas, urbanísticas e paisagísticas.